Anápolis

Policial é suspeito de matar colega por partida de sinuca em Anápolis

De acordo com a Polícia Civil, os dois policiais militares discutiram devido ao valor de uma aposta de sinuca

diario da manha
Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Na noite do último sábado (1º), um cabo da reserva da Polícia Militar (PMGO) foi morto em um bar localizado na cidade de Anápolis. A suspeita é de que um policial da reserva tenha cometido o assassinato. De acordo com as testemunhas os homens se desentenderam durante uma partida de sinuca.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Luiz Carlos Cruz, os dois policiais estariam apostando e começaram a discutir sobre o valor. Segundo informações da polícia, o suspeito se apresentou na corregedoria e após ser ouvido foi liberado.

A Polícia Militar informou ainda por meio de uma nota que na ocorrência há a informação de que os dois agentes estavam no bar e que os disparos aconteceram após Eduardo Divino Vaz, ter ameaçado disparar contra pessoas que estavam no estabelecimento.

Segundo as informações, o outro policial identificado pela TV Anhanguera como Wender Rodrigues do Couto, de 40 anos, pediu ao colega para abaixar a arma, mas ele não ouviu. Em seguida, ele teria sacado a arma e o alvejado.

Para a Polícia Civil, a hipótese de uma briga generalizada entre clientes está descartada. O delegado acredita que a confusão era somente entre os dois policiais e também afirmou que não houve registro de clientes feridos. “Tudo indica que a briga aconteceu apenas entre os dois “, disse.

Luiz Carlos Cruz afirmou que nesta segunda-feira (03), o caso começaria a ser investigado e as testemunhas seriam ouvidas. Conforme o delegado, um Inquérito Policial Militar foi aberto para apurar os fatos.

*Com informações do G1.

Comentários