Anápolis

PM acaba com festa clandestina em Anápolis

Evento contava com cerca de 300 pessoas e desobedece decreto estadual que proíbe a realização e organização de festas

diario da manha
Foto: Reprodução

Na madrugada deste sábado (11), houve uma festa clandestina em uma chácara localizada em Anápolis com cerca de 300 pessoas. A Polícia Militar precisou ir até o local e a utilização de gás lacrimogêneo foi necessária para dispersar as pessoas. Os integrantes são acusados de lançar pedras e xingar os agentes durante operação.

O tenente Vilmar Pinto Ribeiro do Comando de Policiamento Especializado (CPE), explicou durante uma entrevista ao portal G1 como descobriram o evento, “recebemos uma solicitação de apoio para fazer uma averiguação em uma festa clandestina que estava acontecendo em uma chácara”.

De acordo com ele ao chegarem no local haviam aproximadamente 300 pessoas, dentre elas menores de idade, fazendo o uso de drogas e consumindo bebidas alcoólicas. Aglomerações estão proibidas por decreto municipal devido à pandemia de Covid-19. O evento também fere às normas do decreto publicado pelo governo do estado há três meses, que proíbe a realização e organização de festas e shows, de qualquer natureza, para evitar aglomerações.

Multa

Cinco pessoas eram responsáveis pela organização do evento e precisaram assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Um processo foi aberto contra esses organizadores que podem ser punidos em R$ 3 mil. Todos foram liberados.

Comentários