Anápolis

Segunda paralisação de professores resulta em reajuste de 12,64%

“Valorizar os professores tem que ser prioridade sempre” publicou Prefeito em redes sociais.

diario da manha
Foto: Reprodução.

Os servidores da educação em Anápolis realizaram uma paralisação na Praça do Ancião, onde fica localizada a sede da Prefeitura Municipal na manhã de terça-feira (3), reivindicando o reajuste salarial para categoria.

O Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino (SINPMA) convocou os servidores para a ação, denominada dia “D” e se reuniu com a Prefeitura para as negociações que começaram pela manhã.

Outra paralisação já havia sido realizada em 18 de fevereiro no Hall do Centro Administrativo, mas o sindicato buscava ampliar a contraproposta e o percentual do reajuste apresentados pela Administração Municipal na última reunião.

O resultado das negociações feitas na terça-feira foi divulgado pelo SINPMA à tarde “o SINPMA desceu para se encontrar com a categoria e apresentar as três propostas foram oferecidas, sendo deliberada pela categoria a seguinte: 12,57%; sendo ele dividido da seguinte forma: 3 % (março), 2% (maio), 3,4% (setembro), 1,2% (outubro) e 2,4% (novembro)”.

Em suas redes sociais o Prefeito Roberto Naves publicou que valorizar os professores tem que ser sempre prioridade e que após testar cenários o resultado do reajuste de 12,64%, seria o maior valor que poderia ser dado sem comprometer a saúde financeira do município.

Comentários